12 julho 2010

Como não lembrar do dia em você parou com sua amiga em frente a um carro que tocava "Wake me up when September ends" e ficou cantando desesperadamente com ela enquando o motorista ficava sem entender nada? Como esquecer do dia em que você entrou de mãos dadas com sua melhor amiga na sua primeira prova de vestibular? Como não lembrar ainda do dia em que as pessoas mais importantes pra você apareceram na porta da sua casa cantando "Parabéns pra você"? Ou então, daquele dia em que você recebeu um super abraço do seu melhor amigo na sua formatura, após ter recebido seu diploma? Como esquecer do dia em que você e seu namorado pegaram o metrô em sentido errado e foram parar em outro lugar?

Cada um desses momentos, por mais rápido que passem, tornam-se especiais e quando nos lembramos deles, passam lentamente em nossa memória, como se tudo estivesse se repetindo mais uma vez. Em uma de suas brilhantes colunas, Martha Medeiros ressaltou: "(...) Aliás, 'very slow', passando a sensação de que a vida pode ser delicada em qualquer circunstância." - Acho que nossa mente funciona assim. Nos permite colocar as nossas lembranças preferidas na velocidade em que queremos, como se estivesse mesmo em 'slow motion'. E vamos sendo felizes assim.. relembrando coisas que trazem paz para o nosso coração, vagarosamente, enquanto o resto passa rápido demais...

12 comentários:

viajenaleitura.com.br disse...

Oi clarisse!!

Como está lindo o visual do seu blog...está participando das promoções do meu blog? Corre lá rsrs


Beijão;)


Thá

Reh ferreira disse...

Adorei o texto! =)

Ðєββyŋнα ɢσмєs disse...

Oie linda , so tenho 18 mais eu viajei lendo isso , revivo as memorias mesmo , as melhores coisas que eu vivi eu passo pausadamente pelos meus olhos e as vezes até com lagrimas no olhar, obrigada por me proporcionar isso , foi nostálgico. bom dia beijos se cuida fica com Deus

Carolina Hermanas disse...

Lindo texto :_
AAAAH, eu muitas vezes sou influenciada pelos meus pensamentos e bom, fico a lembrar de toda a minha vida passada *_*

Momentos intensos, vividos :)


Beeijos!

Déia disse...

oie,

Amo minhas lembranças...
amo me pegar sorrindo, por recordar de algo engraçado!!

Que nossa vida, tenha sempre coisas boas para serem lembradas!

bj

Kée disse...

É ^^! O bom é isso, podemos repassar tudo mais devagar, mais rápido, pular para as partes mais legais... a mente funciona como um arquivo gigante e cada pessoa deve guardar seus arquivos com muito carinho! ;*

Bill Falcão disse...

Ainda bem que podemos lembrar de fatos que nos fizeram felizes. Mas eu, infelizmente, ainda não consegui o poder de me livrar de péssimas recordações também. Creio que isso acontece com quem vive mais, vai ficando mais velho. Talvez você, por ser ainda muito jovem, não entenda o que digo aqui. Mas entenderá, um dia.
O que não tira em hipótese alguma o valor de vários posts que li aqui, OK? Se eu não gostasse do blog, nem comentava. Esquecia. No caso de blogs, sei esquecer os ruins.
Bjooo!!!!

Fabrício Santiago disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog do Depois do Divã. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs



Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.


Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.


Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/

T. disse...

São umas delícias momentos como esses.

Babih Xavier disse...

Viver é uma arte neh
cada momento nunca mais volta
tem que saber aproveitar

Viithória Meendes disse...

Oii! O Gostinho de Menina voltou a funcionar e você está convidada para passar lá, deixar um comentariozinho e seguir a gente! Também estamos aceitando parceria!
Vaii lá

www.gostinhodemeninaisaevi.blogspot.com

Andréia =) disse...

"Todas as riquezas do mundo não valem um bom amigo." (Voltaire)
Claris, obrigada por sua visita ao meu blog, por sua amizade e por não esquecer de mim!
Você é um dos melhores presentes que Deus já me deu! Obrigada por existir e pelo carinho de sempre!
Espero que volte mais vezes ao meu cantinho! Ah! Gostei do seu post! Valorizar os momentos com àqueles que amamos, grandes ou pequenos, enriquece nossa alma e adiciona mais do que imaginamos às nossas vidas!!! Que estejamos de olhos abertos e atentos para as coisas que de fato importam!!!
Te gosto muito, viu? =) Um super beijo e que Deus te abençoe muitíssimo!!!







Design e código feitos por Julie Duarte.